Notícias

Secretário de Cultura recebe visita do filho do maestro Miguel Fernandes e apresenta projeto

Após a revitalização da banda de música que agora passou a ser municipal e a criação da escola de música maestro Esmerindo Cabrinha
a Secretaria de Cultura e Turismo local está empenhada no projeto de Resgate e Preservação da Memória musical de Aurora.

O que segundo o secretário da pasta, o prof. José Cícero(foto)objetiva rememorar e preservar através de um resgate documental e imagético parte da história das bandas de músicas que existiram na cidade. Além de maestros e seus integrantes, desde a primeira que se tem notícias - a banda da Beneficente(ABA) do maestro Boaventura por volta dos anos 30 e 40, depois a da paróquia através do padre França com Miguel Fernandes até os dias atuais.

Com este propósito o secretário JC vem conversando com pessoas da época, músicos e maestros que testemunharam o que ele chama da belle époque da verdadeira música aurorense de qualidade. "Creio que é algo fundamental neste tempo no que tange a preservação, sobretudo agora com a tal globalização quando muito se perde do que nosso em favor do que é alienígena. E, em se tratando de música de qualidade principalmente. 1º porque vivemos um crise musical sem precedente, depois poque precisamos cumprir a exigência de se colocar o ensino da música no currículo escola. Então nada melhor do que começar com a nossa", ponderou.

Um dos primeiros entrevistados foi o Sr. Gonzaga Alfaiate que foi clarinetista e compôs a primeira formação da antiga banda da beneficente. O mesmo conviveu de perto com todos os maestros e músicos que passaram por Aurora.

Depois, o entrevistado foi um dos artistas mais polivalentes do município, o José Simplício que fez parte da formação inicial da banda criada ainda pelo padre Franca e o maestro o tenente da PM Miguel Fernandes que, inclusive dirigia a banda da PM de Fortaleza e era filho da terra. Além de Aurora, Miguel Fernandes também ajudou a criar as bandas de Iguatu e Acopiara. É de autoria do mesmo a composição do hino original do município(letra e música) composto por volta dos anos 70. E que até hoje se encontrava esquecido no mais completo anonimato.

O que veio à tona agora com a insistência da secretaria, vez que o mesmo foi descoberto nos arquivos sonoros do música Zé Simplício em fita K-7. Mesmo com seu áudio comprometido pelo tempo é possível notar a beleza da composição do dobrado gravado pela famosa banda da PM da capital. Outra relíquia é a gravação do hino em duas versões, ou seja, instrumental e outra com a voz do próprio maestro Fernandes.A ideia é reeditar toda a composição e assim regravá-la para que os aurorenses possam conhecer tal maravilha, disse o secretário. Para tanto, irá conversar em breve com o prefeito Adailton Macedo e o atual maestro da banda municipal Damião Tavares, sobre a inciativa.

Porém o projeto não se resume apenas no resgate do 1º hino de Aurora, mas na culminância da iniciativa, ou seja, o lançamento de uma coletânea em formato de CD contendo todos as músicas(dobrados e afins) de autoria de músicos da terra ou que fizeram parte das várias formações das bandas(da beneficente e Sr. Menino Deus), a exemplo de Miguel Fernandes e Esmerindo Cabrinha, dentro outros.

Em meados dos anos 70 o maestro Miguel em parceira com o também músico da PM Orlandinho gravou um compacto contendo duas composições: Criança do meu mundo e outra sobre o Rio Salgado. Há quem diga, inclusive, que tais composições foram recentemente utilizadas por alguém que as regravou, talvez acreditando no esquecimento, publicou no trabalho se dizendo o autor.

VISITA à sede da Secult-Aurora:

Na manhã desta última segunda-feira(4) o secretário José Cícero recebeu na sede da Secult um dos filhos do famoso maestro Miguel Fernandes - o Sr. Edmundo Leite, residente em Fortaleza que nestes dias esteve em Aurora visitando seus parentes. Na ocasião, o secretário explicou para o mesmo os detalhes do projeto, assim como solicitou-lhe o envio de mais informações e imagens da época sobre o maestro e a banda.

Bastante entusiasmado pela proposta, o Sr. Edmundo(nas fotos de camiseta verde) aquiesceu com a contribuição familiar se dizendo honrado por saber que o seu pai receberá tal homenagem póstuma. No final, acompanhado do secretários e de outros parentes o filho do maestro Miguel visitou todo os acervo e a exposição de arte e história contido na secretaria de cultura do município .

 

Deixe seu comentário

Prefeitura Municipal de Aurora

Localização

AV. ANTÔNIO RICARDO, 43
CENTRO - 63.360-000
AURORA - CE

Redes Sociais