Notícias

Aurora comemora Dia da Mulher com singela programação na Policlínica Dr. Acilon Gonçalves

A Prefeitura Municipal de Aurora, administrada pelo jovem prefeito Dr. Júnior Macedo, através da direção da Policlínica Dr. Acilon Gonçalves, que tem como diretora, Juliana Landim e como enfermeiro Jocélio Vitorino realizou nesta Quarta-feira, 8, evento alusivo ao Dia Internacional da Mulher.A celebração festiva ocorreu na sede do referido órgão público municipal de saúde, situado no Bairro Araçá, o mais populoso da cidade, cuja programação contou com o apoio da Secretaria Municipal de Saúde (Secretária - Cícera Monalisa), assim como do NASF (Núcleo de Apoio as Famílias), tendo como coordenadora Pâmela Bruna. Na oportunidade, a gestão municipal ofertou uma série de serviços de saúde voltados para as mulheres aurorenses. Como por exemplo, atendimento médico com os especialistas Washington Luis (Fisioterapeuta) e Wider Landim (Pediatra); Verificação dos sinais vitais (verificação da pressão arterial, glicemia, tipagem sanguínea), com os profissionais farmacêuticos Jailson Lira e Sabryna Figueiredo; Massagem relaxante com o fisioterapeuta Ranniere Figueiredo; Limpeza de pele com as fisioterapeutas Maria Mayara e Leila Suzane; Maquiagem e beleza com a farmacêutica Samandah Barreto; Alongamento, IMC (Índice de Massa Corporal) e orientação física com o educador físico Djairto Monteiro; além de distribuição de lembrancinhas e sorteio de brindes. O fato da celebração comemorativa ao Dia Internacional da Mulher, em Aurora, ter ocorrida pela primeira vez num órgão de saúde chamou a atenção de outros pacientes que tinham consultas marcadas para esta data. Portanto, a iniciativa da direção da Policlínica foi prontamente aprovada pelo público presente no local, que esbanjava elogios pelos corredores daquele equipamento de saúde enquanto aguardava atendimento médico. HISTÓRIA DO 8 DE MARÇO

O dia 8 de março é o resultado de uma série de fatos, lutas e reivindicações das mulheres (principalmente nos EUA e Europa) por melhores condições de trabalho e direitos sociais e políticos, que tiveram início na segunda metade do século XIX e se estenderam até as primeiras décadas do XX.

No dia 8 de março de 1857, trabalhadores de uma indústria têxtil de Nova Iorque fizerem greve por melhores condições de trabalho e igualdades de direitos trabalhistas para as mulheres. O movimento foi reprimido com violência pela polícia. Em 8 de março de 1908, trabalhadoras do comércio de agulhas de Nova Iorque, fizeram uma manifestação para lembrar o movimento de 1857 e exigir o voto feminino e fim do trabalho infantil. Este movimento também foi reprimido pela polícia.

No dia 25 de março de 1911, cerca de 145 trabalhadores (maioria mulheres) morreram queimados num incêndio numa fábrica de tecidos em Nova Iorque. As mortes ocorreram em função das precárias condições de segurança no local. Como reação, o fato trágico provocou várias mudanças nas leis trabalhistas e de segurança de trabalho, gerando melhores condições para os trabalhadores norte-americanos.

Porém, somente no ano de 1910, durante uma conferência na Dinamarca, ficou decidido que o 8 de março passaria a ser o "Dia Internacional da Mulher", em homenagem ao movimento pelos direitos das mulheres e como forma de obter apoio internacional para luta em favor do direito de voto para as mulheres (sufrágio universal). Mas somente no ano de 1975, durante o Ano Internacional da Mulher, que a ONU (Organização das Nações Unidas) passou a celebrar o Dia Internacional da Mulher em 8 de março.

Assessoria de Comunicação - Luiz NetoFotos: Luiz Neto

 

Deixe seu comentário








Prefeitura Municipal de Aurora

LOCALIZAÇÃO

 AV. ANTÔNIO RICARDO, nº 43 CENTRO

 FONE: (88) 3543-1022

 

REDES SOCIAIS